Arquivo do blog

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Será mais acolhedora ...




Partilhei em baixo dois textos de dois Escritores , dois textos especiais na sua retórica e na sua dimensão e profundidade intencional .

Resgatando o conceito e as palavras de vários Pensadores actuais e contemporâneos , o universo das comunicações, não poderá ser nunca somente um lugar onde na sua grande parte expressiva e criativa seja o que é .

Talvez deva ser também um espaço de luminosidade onde a estrada de quem a percorre , se vai encontrando com os textos , as citações e as Palavras, de Pensadores , Escritores , Sábios decifradores dos códigos desses trilhos que constroem a pauta musical da Vida , e que neste aproveitamento nos possam elevar a patamares superiores da nossa Existência criando rumos e níveis de Crescimento e de conceção de interpretação do mundo , com olhos mais profundos , digamos num modo garimpeiro das substancias e dos sedimentos que nos envolvem em cada momento subjetivo e relativo da nossa individual realidade .

Podemos encontrar nestes Pensadores , Escritores , Gente que Pensa e Reflecte a inconsistência e a consistência humana , estes Seres que desenvolvem o Pensamento e que nos encaminham e nos movem no sentido de uma aproximação e de uma Existência cada vez mais baseada na criação, na reflexão , abrindo as portas de um lugar de difícil acesso e de permanência , mas de autenticidade e de valores que orbitam acima do comum e do vago superficial .

Quando o Escritor Pedro Chagas Freitas define o “Abraço “ no seu conteúdo “ Eu Sou Deus “ , ele refere-se ao Deus que habita em todos nós , nessa luz Divina que em todos nós permanece , transformando-nos em Deuses da nossa Existência pessoal … nunca numa perspetiva de pedantismo ou de endeusamento que pode ser interpretado pelos menos atentos ou pobres de espírito .
Assim , o Abraço foi absolutamente e poderosamente decifrado e definido de uma forma soberba e plena de inspiração e de afeto .

Mia Couto , no seu texto fabuloso “ Carta “ , apresenta de uma forma magistral a revolta de um homem com ideais e sonhador , que se afirma perante as maldades e as castrações que nos querem impor .


A estrada será sempre mais enriquecida e se tornará mais acolhedora , se estas Mentes Brilhantes e indutoras de Reflexão e Cultura, estiverem presentes no nosso quotidiano e no nosso horizonte particular , e assim nos ajudarem a ampliar cada vez mais a nossa Consciência individual.


Luis Sousa



9 comentários:

Paula Andrade disse...

Olá Luis ,

Que seria de nós, alguns ou poucos se não tivéssemos essas fontes de inspiração e de reflexão para nos irem sinalizando o caminho ?

Tens toda a razão meu amigo, pois são textos fantásticos que juntando a este teu magnífico apontamento !

É sempre uma janela de ar puro que aqui encontro :)

Beijos
Paula

Gracita disse...

Oi Luís
Muitas vezes lemos um soberbo texto de um grande escritor e na sua essência nos vemos refletidos, Parecem um espelho do nosso próprio eu.
Magnífica a tua reflexão caro poeta
Beijos no coração

Graça Pires disse...

É sempre bom quando alguém analisa os textos com lucidez. Goatei.
Um beijo.

Graça Pires disse...

Quis dizer Gostei, peço desculpa.

GarçaReal disse...


Estes textos destes pensadores são sem dúvida muito enriquecedores. São luzes que se vão acendendo ao longo do caminho.

O teu comentário aos textos são mesmo

Reflexos e sinais da alma

Muito bom

Bjgrande do Lago

Andreia Morais disse...

Excelente texto!

r: É verdade, às vezes o coração adormece por um bocado, mas depois há algo que o faz acordar*

Cecilia disse...

Boa noite Luis.
Palavras a refletir sobre o abraço, considero um das melhores e mais gostosas maneiras de agradar alguém, não diria sermos DEUS, mas, o abraço nos aproxima muito e nos conforta.
Falando nisso.
Abraços e muito obrigada pelo carinho de suas palavras.

Ana Freire disse...

Adorando as tuas publicações por aqui, Luis...
Por condicionalismos da net, por estes lados, não tenho vindo comentar tanto quanto gostaria...
Adoro Mia Couto... e ando a descobrir o Pedro Chagas Freitas... do fim para o princípio... Apenas tenho as suas duas obras mais recentes... da qual só ainda li o "Prometo falhar"... que adorei, como trata as várias formas e vivências do amor...
Do Miguel... nunca me apeteceu ler nenhuma das suas obras... confesso... às vezes penso que terá algum problema de raiva ou auto-estima por resolver...
Beijinho! Óptimo domingo!... Logo mais, passarei por aqui, para ver com mais calma... o que andei por aqui perdendo, nestes últimos dias... e reler algumas destas fabulosas escolhas, que nos tens apresentado...
Ana

MARILENE disse...

Tudo que lemos com atenção nos proporciona refletir, repensar, abrir horizontes. Há conotações e definições tão especiais, que não nos haviam chegado da forma bela com que alguns escritores se manifestam. Você mencionou Mia Couto, adorável. Muito boa sua postagem. Abraço.