Arquivo do blog

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Sempre Prevalecente ...




Nesta cadência de episódios, e na sequência dos dias e das noites ,
o que mais importa para além de todas e as eventuais direções ,
será mesmo conferir mais e maior qualidade a cada pensamento .

No correr dos capítulos de cada circunstancia, o sentido invisível e omnipresente que se desenrola silenciosamente nos sulcos de cada destino , é sempre prevalecente , e é com esta perceção de que estamos sempre envolvidos por uma bruma de mistério , que me impele cada vez mais a uma maior consciência do presente .

As memórias e as recordações , registos onde se encontram os marcos de um tempo que hoje é passado , deverão ser guardados na arca sagrada da história , onde a intensidade das imagens , dos sorrisos e dos aromas guardados têm uma magnitude tal , que fazem estremecer a estrutura e os alicerces na avenida das emoções …

Mas analisando pausadamente todos os desafios no enquadramento de tantas e variadas questões , e para que o caminho seja feito com maior lucidez , tranco e viro duas vezes a chave da arca das memórias , e levanto o meu Olhar para o Sol que nasce , para os sons que escuto em meu redor , para os Sorrisos verdadeiros , e para a lua cheia que ilumina as noites povoadas de estrelas, e que assim criam em mim Sonhos , Pensamentos iluminados de inspiração e Esperança, pigmentados de fantasias …



Luis Sousa




13 comentários:

Vera Lúcia disse...


Olá Luís,

Um texto muito consciente e muio bem escrito.
As emoções ainda estão à flor da pele em você.
Memórias e recordações são difíceis de ser trancadas nas gavetas da memória e muitas vezes até funcionam como um bálsamo, mas focar nas belezas e grandezas da vida nos impulsiona a colorir o nosso presente e a recriar os sonhos que nos sustentam.

Espero que você esteja bem.

Abraço.

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Um belo e muito bem escrito texto amigo Luís, como aliás todos os textos que o meu amigo escreve e estou de acordo com a Lúcia as memórias e as emoções ainda estão bem patentes.
Um abraço e continuação de uma boa semana.

Ana Freire disse...

Texto tocante e iluminado, como sempre por aqui, Luis!...
Ainda que as memórias e as recordações estejam guardadas na arca da história... trazêmo-las connosco, pois elas também serão sempre, parte da nossa história... e permitiram-nos chegar ao momento presente.
Contudo, devemo-las arrumar bem, nas nossas gavetas... para continuar a haver espaço, para novas memórias, que ainda não vivemos...
E sem qualquer dúvida, o que mais importa, é conferir maior qualidade a cada pensamento! Só pensar bem... nos permitirá viver bem... e dar o devido valor, a cada momento.
Beijos! Continuação de boa semana! Bom te ver a arrumar ideias... e seguir em frente!
Ana

MEU DOCE AMOR disse...

Olá:

Vim ver,ler e ouvir.

Pensamentos positivos, atraem tudo de bom na vida.

Li mais abaixo as "perdas".Penso que o universo precisava de mais estrelas, não é?

Beijinho doce

GarçaReal disse...


A arca do passado estando fechada sempre permite que retiremos ensinamentos, para que a vivência do presente, momento a momento,tenha a força e essa"esperança pigmentada de fantasia" e possa haver uma projecção no futuro que é já no próximo minuto.

Como sempre um texto para reflectir.Muito bom

Que a semana corra pelo melhor

Bjgrande do Lago

MARILENE disse...

A caixinha da memória tem grande valor. Quando a abrimos encontramos vários momentos embrulhados com laços coloridos, a nos fazer sorrir. Aqueles que nos fizeram sofrer não devem ser colocados nela. E aí entra a importância da valorização dos pensamentos, de sua força para afastá-los. Não se pode morar no passado, mas revisitá-lo não nos faz mal, desde que não façamos disso uma rotina.
Desejo que guarde apenas as belas lembranças, já que a vida nos impele a prosseguir. Abraço.

Lilazdavioleta disse...

Bom dia Luís ,
sente - se aqui muito " doi " , o que não é de estranhar .

Todos necessitamos de ter a caixa onde muita coisa é guardada , mas sem perder a sua chave , porque de quando em vez , as boas lembranças que lá se encontram são indispensáveis como que um lastro para aguentarmos o presente e dar uns passos para o futuro .
Entretanto , há a Luz , aquela entidade que tanto nos ajuda e faz por nós .

Gosto muito do seu texto .

Um forte e carinhoso abraço ,
Maria

Graça Pires disse...

Um texto com luz, mesmo quando as memórias magoam...
Beijo.

Ana Freire disse...

Passando... só para deixar um beijo, e desejar um bom fim de semana!
Esperando que tudo finalmente, comece a correr pelo melhor...
Ana

© Piedade Araújo Sol disse...

um texto que denota serenidade e lucidez depois de tudo o que você passou.
que a luz brilhe sempre em seu caminhar.
deixo um abraço bem apertado e um
beijo
:(

POESIAS SENSUAIS E CONTOS disse...

Belo e precioso texto com grande serenidade e luz. Um maravilhoso e belo fim de semana.

Gaby Soncini disse...

Que texto lindo! Que belas imagens!

Abraços!

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

E o giro disto é que podemos sempre direcionar os nossos pensamentos :)

Um abraço